Artigos sobre a Alfacomp

SIMAE DE JOAÇABA – 20 ANOS DE TELEMETRIA DO SANEAMENTO

Queremos te contar uma história real sobre um sistema de telemetria do saneamento que funciona há mais de vinte anos nas cidades de Joaçaba, Herval d’Oeste e Luzerna no estado de Santa Catarina.

Este vídeo é uma homenagem às pessoas do SIMAE de Joaçaba que apostaram nessa tecnologia e permitiram à Alfacomp participar da criação e manutenção desse sistema de telemetria de água e esgoto.

O sistema de telemetria do saneamento começou a ser implantado em 1998, e os depoimentos mostrados no vídeo foram colhidos no ano de 2006.

 

A telemetria do saneamento contribuiu fortemente no combate às perda de água, e ajudou o SIMAE a conquistar prêmios nacionais pelo bom desempenho dos serviços de saneamento prestados à população.

O sistema de telemetria do saneamento do SIMAE foi sendo modernizado e ampliado e se mantém até hoje como um dos cases de sucesso mais antigos e conhecidos do país. 

Benefícios de um sistema de telemetria do saneamento

  • Garantia do abastecimento;
  • Controle de perdas e redução de custos;
  • Eficiência na operação;
  • Instrumento de gestão e qualidade.

Supervisório SIMAE

Telemetria do saneamento e controle de perdas

O sistema de telemetria implantado no SIMAE de Joaçaba foi de fundamental importância na redução em 20% das perdas que giram em torno de 25% atualmente.

São indicadores de perdas:

  • Variações inesperadas de pressão na rede;
  • Tendo-se a rede de distribuição de água setorizada, o sistema permite comparar os valores registrados pelos macro medidores com os obtidos dos hidrômetros;
  • O registro histórico de vazões instantâneas e acumuladas indicam variações que podem ser devidas a vazamentos;
  • Na análise gráfica dos níveis de enchimento e esvaziamento de reservatórios, mudanças das curvas podem indicar rupturas de adutoras.

Telemetria do saneamento e eficiência na operação

  • O sistema permite o controle remoto das estações e o diagnóstico prévio das situações anormais;
  • Os operadores podem equilibrar a distribuição de água habilitando e desabilitando elevatórias seletivamente quando a produção de água está comprometida;
  • Para atravessar o horário de ponta com os reservatórios mais abastecidos, os bombeamentos são ligados conforme a avaliação do operador.

Supervisório SIMAE

Redução de custos

A utilização de um sistema de telemetria e a implantação de um programa de controle de perdas permitem:

  • Reduzir o consumo de produtos químicos;
  • Reduzir o consumo de energia elétrica devido ao menor de volume de água a ser tratado e distribuído;
  • Reduzir o consumo de energia elétrica pela tarifa horo-sazonal. O SIMAE contabilizou uma redução de 30% no consumo de energia elétrica;
  • Diminuição do desgaste dos equipamentos.

Antes da implantação do sistema de telemetria, a duplicação da ETA para 2002 era tida como imprescindível. A ETA continua dando conta do abastecimento.

Telemetria do saneamento como instrumento de gestão e qualidade

  • O sistema permite o registro de dados e a geração de relatórios operacionais, essenciais na implantação de programas de qualidade;
  • O planejamento de programas de manutenção preventiva dependem dos dados fornecidos pelo sistema de telemetria.

Agradecimentos

Agradecemos ao SIMAE de hoje e de ontem, e às pessoas que participaram da implantação e manutenção do sistema de telemetria do saneamento nas cidade de Joaçaba, Herval d’Oeste e Luzerna.

E-book Projeto Completo e Gratuito de Sistema de Telemetria do Saneamento

Este e-book foi feito para você que deseja saber tudo sobre como criar o sistema de telemetria de água e esgoto para a sua cidade.  O e-book contém um projeto completo para você desenvolver e implantar um sistema de automação, controle e tele supervisão de reservatórios, elevatórias e estações de tratamento de água e esgoto.

O telemetria do saneamento demanda soluções de comunicação para o controle e supervisão dos reservatórios e elevatórias de água e esgoto, ETAs e ETEs.

Desde 1994, a Alfacomp fornece soluções de comunicação para a telemetria do saneamento que incluem: rádios modem, modems GPRS/GSM, Gateways 4G LTE, Data Loggers e conversores de comunicação Ethernet e seriais.

Conheça nossa linha de soluções de comunicação para a telemetria do saneamento.

Rádios de dados para a telemetria do saneamento

Em aplicações onde as distâncias são grandes ou o uso de cabos seriais é difícil, ou até impossível, considere a utilização de rádios modem para a comunicação de dados entre dispositivos que utilizam interface serial RS232 ou RS485 com velocidades entre 1.200 e 115.200 bps, ou interface Ethernet, em distâncias de dezenas de metros até 80 km.

Utilize rádios modem nas faixas de 900 MHz e 2.4 GHz para comunicação em até 60 km com visada e dispensa de licenciamento dos pontos na Anatel.

Utilize rádios modem canalizados e frequências de 140 MHz a 470 MHz para a comunicação em até 80 km e sem visada. Esses necessitam de projeto de utilização junto a Anatel.

P900 – Rádio modem Spread Spectrum em 900 MHz – até 60 km

rádio modem P900 com tecnologia spread spectrum possui conectores e LEDs que facilitam a instalação e utilização. O gabinete robusto, a larga faixa de temperatura de operação e o baixo custo tornam o rádio modem P900 a solução ideal para o controle e monitoração de estações remotas de telemetria e para todo o tipo de aplicação industrial onde a comunicação serial é necessária. O P900 incorpora ainda a capacidade de compor redes  Mesh de última geração com a capacidade de restabelecimento automático de rotas de comunicação (Self Healing).

LTECube-CATM – Gateway de comunicação 4G padrão LTE na categoria M1/NB-IoT

O LTE Cube foi projetado para as exigências de pequenas dimensões, baixo custo e baixo consumo das aplicações de M2M e de IoT. O dispositivo atende as especificações do padrão LTE na categoria M1/NB-IoT, permitindo velocidades de comunicação de até 375 kbps. O LTE Cube possui porta Ethernet e tem como opção WIFI 802.11b/g/n e capacidade de comunicação em túnel, tudo isso mantendo o baixo consumo.

Kit para rádio enlace 900 Mhz 30 km

O KIT RÁDIO ENLACE reúne os equipamento e materiais necessários para estabelecer a comunicação serial entre dois pontos. O padrão de comunicação pode ser em RS232 ou RS485. A velocidade serial admitida é de 1.200 a 115.200 bps. O alcance do enlace é de até 30 km com visada. Exemplo de aplicação: comunicação entre CLPs.

RM2071 – Rádio modem Spread Spectrum em 2.4 GHz

O rádio modem Alfacomp RM2071 pode substituir milhares de metros de cabos de comunicação em ambientes industriais ruidosos. Utilizando a comprovada tecnologia DSSS (Direct Sequence Spread Spectrum), que dispensa licença de operação junto a Anatel, o transceptor RM2071 estabelece comunicação entre computadores, clps e instrumentos diversos que possuem porta serial em padrão RS232 e RS485 com taxas de 1200 a 115.200 bps.

XZ-DT25 – Rádio modem 136 a 470 MHz – 25W – Até 80 km de alcance

Rádio modem especialmente projetado para sistemas de SCADA de telemetria via rádio, operando nas faixas de 136-147, 220-240 e 410-470 MHz (frequências licenciadas), com até 25 Watts de potência de RF e alcance de até 80 km com visada.

A operação é totalmente transparente no canal serial que opera em RS232 e RS485. Podendo comunicar em diversos protocolos e com diversas marcas de CLP, a exemplo do protocolo MODBUS RTU e MODBUS ASCII.

DL2016 – Data Logger – Telemetria via GSM/GPRS

Data Logger DL2016 da Alfacomp é um dispositivo capaz de coletar, armazenar, controlar, rastrear, enviar e receber dados via rede GSM/GPRS.

Através das IOs que o equipamento possui, ele possibilita o controle e monitoramento de grandezas elétricas e ou físicas como, por exemplo, tensão, corrente, temperatura, velocidade do vento, nível de água, quantidade de chuva e também o controle de cargas de potência através dos três relés de saída.

A tecnologia GPRS permite acesso seguro e direto às informações através do uso de tablets, smarphones e computadores. Adicionalmente, não existem gargalos de comunicação nas centrais de monitoração e servidores de dados de sistemas complexos de monitoração. Um roteador HDSPA utilizado na estação central pode fornecer velocidades de comunicação de até 10 Mbits/s quando são utilizados links fixos para o provedor dos serviços de telefonia.

CS-Ethernet – Conversor Ethernet para serial RS232 e RS485

Converter Ethernet para serial pode ser mais fácil do que parece. O equipamento que realiza esta função é o conversor Ethernet/Serial e consiste em uma solução de alto desempenho e baixo custo para conversão do padrão TCP/IP para serial RS232/RS485. De formato adequado para montagem em painéis elétricos de automação industrial, é alojado em gabinete metálico para encaixe em trilho DIN e pode ser alimentado por tensão CC de 10 a 30V. O conversor suporta taxas de comunicação de 300 a 115200 bps nas portas RS232 e RS485, sem necessidade de ajustes. O padrão RS485 permite a comunicação de até 32 dispositivos em distâncias de até 1200 metros.

Solicite mais informações ou uma cotação